Experimentar em Bauru bebidas criadas exclusivamente de acordo com o que você gosta é possível a partir das mãos e da experiência de Thaís Caetano

 

Você curte uma boa bebida? E se ela for preparada de acordo com o seu paladar, com exclusividade e na hora? Fica ainda melhor, não é mesmo?

É exatamente isso que promete – e entrega – a primeira e única Head Bartender da cidade, Thaís Caetano. A bauruense cria novas bebidas de acordo com o gosto dos seus clientes, com produtos naturais e muitas vezes plantados por ela no próprio estabelecimento.

A Head Bartender está há aproximadamente 20 anos no ramo das bebidas. Ela nos conta que começou na área por uma questão de necessidade e o mercado de trabalho a acolheu. Entretanto, Thaís se apaixonou pela profissão e descobriu o quanto o trabalho lhe dava satisfação.

No começo da profissão, ela apenas realizava a montagem dos drinks tradicionais e com produtos industrializados disponíveis no mercado. Algumas vezes, por questão de necessidade e paladares exigentes ou por falta dos produtos, ela começou a inventar com base nos diversos ingredientes disponíveis no estabelecimento.

Ao falar das suas criações, se encanta. “Para mim todas as minhas criações me enchem de orgulho! Não é fácil criar!”.

Entre suas elaborações, alguns drinks ganharam até nome de famosos, como Gisele Bündchen, composto pelos ingredientes: xarope de framboesa, laranja bahia flambada, cramberry seca, gin e tônica. Outro drink com o nome de famoso, é o Tom Brady, que é feito com conhaque, caramelo salgado, spiced rum (rum bacardi ouro) e um toque de laranja.

Questionada sobre como funciona a criação de bebidas, Thaís nos conta que há diversos fatores que influenciam “Os fatores geralmente são: criatividade, necessidade, estudo de tendências e acho que o principal é o paladar mesmo”.

A responsável pela criação dos drinks, comenta que seu primeiro curso de aperfeiçoamento na área, foi quinze anos depois que começou a trabalhar na profissão. No momento, Thaís vai uma vez por mês a São Paulo, para cursos profissionalizantes. Além disso, revela que pretende realizar um curso fora do país.

Por fim a criadora dos diversos drinks, relata as dificuldades de sua profissão, como estar inserida em ofício masculino, principalmente em cidades interioranas, no qual ainda há muita segregação. “Hoje em dia, até é um pouco mais comum uma mulher desenvolver essa profissão, mas não significa que não somos segregadas por clientes, companheiros de trabalho e muitas vezes pelos donos de bares”.

Apesar desses contratempos, Thais garante que encontra muita satisfação em seu trabalho, pois, trabalha com e por amor.

Para conhecer as criações da Head Bartender Thais Caetano, é só comparecer no bar Sêo Bigode, localizado na avenida Getúlio Vargas, nº 22-86