Primeira equipe bauruense a participar do campeonato First Robotics Competition (FRC) conquistou vaga para a copa do mundo da modalidade, que será disputada em Houston (EUA) ainda este mês

 

A equipe Octopus 7567, de Bauru, formada por alunos do ensino articulado SESI/SENAI, participou da First Robotics Competition (FRC), durante os dias 28 a 30 de março, em Las Vegas (EUA). Os alunos receberam o “Rookie All-Star”, prêmio que valoriza a equipe estreante que compreendeu e aplicou todos os princípios da competição e da organização – inspirar e valorizar a ciência e a tecnologia, e garantiram vaga para o mundial de Houston (EUA), que será realizado entre os dias 17 e 20 de abril.

Dez alunos e quatro mentores (professores) do SESI/SENAI compõem a Octopus #7567. Formado pela parceria entre as instituições SESI e SENAI, o projeto visa incorporar o ensino médio do SESI com o famoso ensino técnico do SENAI, para que os alunos tenham toda a autonomia e base e assim possam se desenvolver na complexidade apresentada pelo torneio.

As escolas SESI já acumulam experiência com outros torneios, que começaram a partir da introdução da ciência e tecnologia na rede SESI-SP, em 2006. Atualmente, os alunos dos ensinos fundamental e médio têm a oportunidade de participar de torneios de robótica, que os coloca em contato com conceitos de engenharia e matemática, estimula a pesquisa e o interesse pela ciência e tecnologia. A FLL (FIRST Lego League) é uma dessas competições, que já trouxe ao SESI inúmeras premiações, mas abrange uma faixa etária menor comparada à FRC, que por sua vez se estende e trabalha com alunos de até 18 anos.

A FRC é uma competição anual apresentada pela empresa sem fins lucrativos “FIRST”, que visa a expansão da ciência e tecnologia a comunidade.

Levando o S.T.E.A.M (Science, Technology, Engineering, Arts and Mathematics) – em português: Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática –  para a comunidade, antes da viagem à Las Vegas a equipe realizou apresentações em escolas estaduais e participou de eventos organizados pelo próprio SESI.

Bauru se junta a quatro equipes também classificadas para o mundial

O Octopus 7567 se junta a outros estudantes do ensino articulado SESI/SENAI que já haviam garantido vagas para o mundial, na categoria First Robotics Competition (FRC). Trata-se do time Robonáticos, formado por alunos do SESI Ipiranga e SENAI do Brás, da capital paulista, classificados durante seletiva ocorrida no mês de março, em Nova Iorque (EUA), na cidade de Troy; e a aluna Kherollyn Alencar, da equipe Megazord, de Jundiaí, destaque na competição ao vencer o Dean’s List. O prêmio celebra o competidor que mais transmitiu liderança e paixão em alcançar os resultados, inspirando a todos de seu grupo.

Também competem no World Festival três times participantes do Torneio SESI de Robótica FIRST LEGO League, que aconteceu em março, no Rio de Janeiro. Na ocasião, os Jedi’s (equipe de Jundiaí) foram os campeões nacionais, enquanto Los Atômicos, de Araras, e Red Rabbit, de Americana, conquistaram os 2º e 3º lugares, classificação que garantiu a todos eles vaga no mundial, na categoria FIRST LEGO League (FLL).

Os alunos do SESI-SP têm um histórico brilhante no World Festival. A equipe Red Rabbit (Americana), por exemplo, é a atual campeã mundial deste torneio, enquanto os Jedi’s (Jundiaí) foram vice no mesmo ano.

 

Da Assessoria