Número poderia chegar a 150, de acordo com informações em nota enviada pela Assessoria de Comunicação

 

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Departamento de Saúde Coletiva, confirmou nesta quinta-feira (2), mais 1.395 casos autóctones de dengue, contraídos entre os dias 1 de janeiro e 30 de março – durante o período de maior fase de transmissão da doença – e outras 5 mortes. Somente em 2019, a cidade que lidera o ranking nacional registrou 15.017 casos autóctones e 29 importados, totalizando 15.046, sendo que 17 pessoas sucumbiram.

Em nota, a Secretaria informou que, dos óbitos que aguardavam investigação, foram confirmados 5 por agravo. Os demais ainda aguardam resultado laboratorial pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL), de São Paulo.

Poderia ser pior, se não fosse a assistência e qualidade do município

Conforme o esperado pela Saúde do município, até o momento a cidade registrou 17 óbitos por dengue.

“Pela Diretriz Nacional para Prevenção e controle de Epidemias de Dengue, a letalidade deve ficar abaixo de 1% dos casos confirmados (seriam 150 casos em Bauru). Com a assistência e qualidade de atendimento adotadas em Bauru, o município mantém a letalidade em 0,11%”, comenta em nota.