Após tempo de secagem do asfalto, faixas de pedestres começarão a ser pintadas

 

O verão chega ao fim dia 20 de março e posteriormente a esse dia, a qualquer momento, o bauruense poderá contar novamente com as faixas de pedestres na região central da cidade. Após todo trabalho de recape feito em janeiro e que custou muita paciência dos motoristas, já que travou o trânsito em vários pontos nos momentos de pico, os 76 cruzamentos receberão a pintura termoplástica extrudada.

Essas são ações de um convênio assinado entre Prefeitura de Bauru, por meio da Secretaria de Obras, e o Governo do Estado de São Paulo, pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, com intermédio do Detran/SP. O prazo de 90 dias para a entrega de toda a obra começou a contar no dia 9 de janeiro.

O prefeito Clodoaldo Gazzetta e o secretário de Obras, Ricardo Olivatto assinaram a Ordem de Serviço para o início da pintura das faixas de pedestres dentro das ações nesta sexta-feira (01). De acordo com o plano de ação, serão 6.591,57 m² de pintura termoplástica extrudada, em 76 cruzamentos de trechos destacados como relevantes para proteção do pedestre,  entre a Avenida Nações Unidas e Duque de Caxias e as Ruas Monsenhor Claro e Marcondes Salgado, enquanto o recape atingiu a marca de 17.698,14 m²,

Por ser uma pintura feita a quente, o andamento do serviço depende das condições climáticas, já que para realizar a pintura é necessário que o asfalto esteja seco há 48 horas. Entretanto, a previsão é de chuva a semana toda em Bauru e, coincidentemente ou não, o verão é o período mais chuvoso na cidade.

De acordo com nota enviada pela assessoria de imprensa da Prefeitura, Gazzetta solicitou ao responsável pela empresa, Rolando Tabet, que os serviços em alguns pontos sejam realizados aos finais de semana para evitar assim grandes transtornos à população, o que teria sido impraticável na primeira etapa das obras, ainda que com forte clamor popular.